terça-feira, 28 de maio de 2013

Todos os meus vídeos do You tube




Resultados de potência do motor Stirling caseiro com latinhas



Essencial ter baixo atrito e vedação eficaz para motor Stirling de velocidade



Motor Stirling simples em latas, picos de 1860 RPM - Engine homemade simple



Motor Stirling Gama LTD, modelo que funciona com baixa diferença de temperatura




Alterações para aumentar a velocidade e potência do motor Stirling




Virabrequim de um motor Stirling Alfa Ross Yoke




Motor Stirling simples, com dicas para o seu funcionamento




Motor Stirling feito em latinha de cerveja e funciona com calor - Stirling engine homemade can

http://youtu.be/ToDQ36SE8tA


[Tutorial simples] Como fazer motor Stirling caseiro passo a passo - As do Stirling Engine





Como fazer um pistão deslocador em lã de aço para motor Stirling





Como fazer um virabrequim com raio de bicicleta para motor Stirling


http://youtu.be/miuVGJgMOCI



Como fazer um volante para um motor Stirling Gama


http://youtu.be/u54LICdTxTs




Lista dos materiais e as medidas do motor Stirling Alfa simples - list and measures of the engine


Tutorial 2: Construa simples Motor Stirling Alfa caseiro passo a passo - Alpha Stirling engine DIY

http://youtu.be/dEIQxu6aU4g



Como fazer volante caseiro p/ um motor Stirling - How to make handwheel for a Stirling engine



Motor Stirling caseiro e 4 pistões diferentes testados - DIY Stirling Engine 4 different pistons



Teste de velocidade máxima do Motor Alfa Stirling (4) - Alfa engine test maximum speed





Motor Stirling Alfa cilindro frio modificado e lubrificado(3) -Engine Alpha cold cylinder lubricated





Motor Stirling Alfa 1500 RPM Caseiro (2) - Homemade Stirling Engine Alpha




Algumas instruções e medidas do motor Stirling Alfa - Some instructions and measures




Motor Stirling Alfa feito com seringa de vidro (1) - Stirling Alpha constructed with glass syringe


Como cortar seringa de vidro e tubo de ensaio - How to cut glass syringe for Stirling engine






Como fazer uma lamparina com álcool, para motor Stirling- How to make a torch for alcohol






Porque um motor Stirling Não funciona!!! - Why not a Stirling engine works!!!






Como funciona um motor Stirling caseiro - How works an simple Stirling engine.






[Tutorial] Como construir Motor Stirling caseiro passo a passo explicativo - Stirling engine


Como fazer um virabrequim com raio de bicicleta para motor stirling - How to make a crankshaft




Onde encontrar as duas buchinhas de bronze - Where to find the two bronze bushings




Como fazer um pistão com balão para motor Stirling passo a - How to make a balloon piston engine




Como fabricar a buchinha com uma moeda - How to fabricate the bushing with a coin


Motor Stirling caseiro à 1220 RPM - Demo of my Homemade Stirling engine


http://youtu.be/X11k-khbi04

COMO FAZER UM MOTOR STIRLING CASEIRO Passo a Passo "2" - How to make a homemade Stirling engine


http://youtu.be/O3yorC3W5cY


Demonstração do pouco atrito dos pistões




Motor Stirling com virabrequim feito em casa - Stirling engine crankshaft with home-made




Demonstração do virabrequim em fase final de construção



Outras dicas do meu motor 1




Outras dicas do meu motor 1




Outras dicas do meu motor 1




Motor Stirling compistão caseiro gerando até 14 votls de eletricidade




 Como fazer um pistão caseiro para um Motor Stirling




COMO FAZER UM MOTOR STIRLING CASEIRO PASSO A PASSO "1"





Motor Stirling caseiro com melhoras no seu desempenho




Motor Stirling caseiro gerando eletricidade para 10 leds e um micro ventilador


37 comentários:

  1. Ta Muito Fera!!!!
    Tudo Muito Explicado e Detalhado
    e ainda com legendas em Ingles e Espanhol
    O Blog Ta Muito Bom Parabens mano!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Augusto, agradeço por todas essas reparações.
      Como já havia mencionado anteriormente, este blog ainda não está pronto, mas com o passar do tempo, farei todas as correções necessárias e complementação de conteúdo e fotos.
      Leandro Wagner.

      Excluir
  2. Para o motor stirling modelo alfa com seringas sabes dizer o que aconteceria, com o desempenho RPM, caso fosse colocado gás refrigerante de geladeira (que dissipa mais rápido o calor) dentro das seringas? Poderias dar um parecer sobre tal ideia me deixando sobre aviso no e-mail mirocem@gmail.com?

    Abraço,
    Miro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Miro, com certeza o motor teria um desempenho surpreendente pressurizando com gás de geladeira. Porém o meu projeto ainda não se permite fazer isso, pela sua fragilidade de construção, eu teria que fazer um novo, com as alterações necessárias para que não estoura-se, todas as emendas de cola.

      Desculpe, mas eu não fabrico este motor para vender, devido a grande mão de obra envolvida no projeto, onde seu custo seria muito superior a um motor industrializado. Você encontra motores chineses no Mercado livre.

      Abraço,
      Leandro Wagner.

      Excluir
    2. Se o problema for a alta RPM quando usando gás FREON, poderias reduzi-la utilizando um dínamo bem dimensionado. Daí se teria uma nova perspectiva de geração de eletricidade pelo teu stirling alfa, que acionaria um número maior de leds. Outro experimento interessante seria pegar o multímetro e, caso teu dínamo gere corrente contínua, medir a corrente em amperes com o multímetro ligado em série também com as lâmpadas led. Estou com a sensação de que teu motor stirling alfa com FREON seria capaz de acionar pelo menos 60 leds.

      Abraço,
      Miro

      Excluir
  3. Gostaria de negociar $$$ contigo a remessa de um motor stirling alfa com regenerador para Canoas/RS, pode ser?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Miro,
      A Velocidade alta não é o problema usando o gá FREON, porém o problema é fazer as vedações, pois como você mesmo deve saber, o gás é de baixa densidade e gás vazaria com facilidade pelos pistões em visto do ar.

      O primeiro problema a ser resolvido no meu projeto é a reconstrução do cilindro quente, porque eu o montei cilindro cola e com o gás essa cola iria descolar. Seria necessário fabricar um O-ring com a cola de silicone de alta temperatura e parafusar o tubo de ensaio no cilindro quente com esse O-ring, assim obtendo essa vedação perfeita e resistente.

      Obviamente com o gá o motor teria maior rotação e torque, porém não posso te afirmar quanto, porque não tive a chance de testar.

      Eu tenho 3 multímetros diferentes e já fiz as medições de corrente, porém não me recordo medida, mas sei que a potência produzi pelo gerado ligado ao meu motor variava entre 0,5 Watts. Em eletricidade não é muito, mas a potência mecânica direta do eixo do motor Alfa impressiona. Não posso afirmar, porém acredito que a potência do motor Stirling Alfa direto do eixo varia em torno de 4 Watts.

      Um dia quando eu tiver tempo, farei um gerador caseiro mais eficiente que os tradicionais que eu uso hoje de corrente continua. Pretendo construir um gerador tipo alternador (corrente alternada) e sem núcleo nas bobinas, com isso você reduz a resistência magnética do imã sobre o núcleo de ferrite (não haverá mais o núcleo de ferrite no centro de cada bobina).

      Também pretendo ligar o gerador direto ao eixo do motor, eliminando a correia, que chegam consumir até 30% da energia mecânica do motor, porém para isso, o gerador deve ser projetado para que produza eletricidade na melhor linha de torque do motor Stirling, tornando o gerador eficiente.

      O sistema do gerador é semelhante a estes geradores eólicos de pequeno porte.

      Desejo-lhe um Feliz Natal e muita saúde para voc~e e toda sua família.

      Abraço,
      Leandro.

      Excluir
    2. Outra hipótese interessante para a força no gerador seria usar engrenagens que abaixem a RPM do Stirling no gerador, mas aumentem a força. Pesquises na internet um gerador bacaninha (melhor dimensionado para o caso de geração de eletricidade em umas 1900 RPM ou até mais pelo teu Stirling alfa) e informes o link de compra de tal gerador no meu e-mail mirocem@gmail.com que, dependendo o preço, eu posso comprá-lo e te enviar uma unidade gratuitamente, para que possas fazer os próximos devidos testes sem que tenhas que perder tempo construindo um gerador. Pesquises um bom e barato comparado com a eficiência para esse caso de potência do teu Stirling alfa que eu providenciarei a compra para nós.

      Abraço,
      Miro

      Excluir
  4. Prezado Leandro, o blog tá fantástico. Fui te adicionar no youtube e descobri que nessa tua página o link "Me siga no youtube" está da seguinte forma: https//www.youtube.com/user/leandrojwfolha faltando o : após o https, fato que impede o usuário leigo de te adicionar no youtube usando tal link.

    Se possível apagues essa mensagem de aviso do teu blog após tomar ciência dela, para que a mesma não polua o local de mensagens sobre o motor stirling.

    Abraço,
    Miro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Descobri agorinha que também o mesmo está se sucedendo com o link "Me acompanhe pelo Facebook". Acho que para corrigir basta omitires a palavra "http:" que o blog vai colocá-la automaticamente, mas não tenho certeza.

      http//www.facebook.com/pages/Manual-do-motor-Stirling/292018690925248

      Abraço,
      Miro

      Excluir
  5. Achei esse documentário no youtube da PHILIPS, conforme links abaixo. Aparentemente o documentário é da década de 70, muito didático sobre o funcionamento do motor Stirling. Também sugere usar como gás não o FREON (embora não cite nada contra o mesmo), mas sim hidrogênio ou hélio. Valeria a pena tentar experimentos de desempenho com esses 3 gases. Talvez tu possas tirar alguma ideia de aprimoramento desse documentário para o teus projetos.

    Seguem os links:
    The Stirling Cycle part 1 (Stirling Cryogenics)
    http://www.youtube.com/watch?v=GqIapDKtvzc

    Stirling Cycle Part 2 (Stirling Cryogenics)
    http://www.youtube.com/watch?v=GFfMruoRMGo

    Abraço,
    Miro

    ResponderExcluir
  6. Estava pesquisando a questão do helio como gas , em relação ao freon ele nao é melhor devido sua alta condutibilidade termica ? quanto a vedação eu pensei em um motor hermeticamente fechado onde o pistao quente ficaria exposto porem vedado ao motor ,e a partida poderia ser feita atraves de uma alavanca usando imãs para manter o sistema isolado e hermeticamente fechado evitando o vazamento do gas em questao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Isaias,
      Para lhe repassar uma informação correta, consultei um amigo engenheiro. Segundo sua informação, segue abaixo a tabela de condutividade térmica de alguns gases:

      A condutividade térmica desses gases varia com a temperatura e com a pressão, mas à 25 graus Celcius e à pressão atmosférica (o mesmo que 1 bar), são os seguintes valores:

      Hidrogênio: 0,183 W/mK
      Hélio: 0,152 W/mK
      Freon: 0,072 W/mK
      Ar: 0,0263 W/mK
      Nitrogênio: 0,0259 W/mK

      Nos valores apresentado acima, é possível verificar a superioridade de condutividade térmica dos gases nobres. Por essa razão, tem sido comum o uso do gás Hélio, não sendo um gás inflamável.

      Também existe um limite aceitável de pressurização para cada tipo de gás, caso contrário o gás torna-se líquido, impedido sua aplicação para este fim.
      O limite aceitável de pressurização do "AR" é em torno de 8 bar, acima dessa pressão, torna-se líquido. O Gás "HÉLIO" tem seu limite em torno de 200 bar e o “HIDROGÊNIO”, não me recordo com exatidão, mas lembro-me que é em torno de 215 à 219 Bar.

      Que coincidência, essa semana o nosso grupinho formandos por engenheiro e outros profissionais, chegamos a mesma conclusão que a sua.

      Fabricar um motor onde os pistões terão que vedar o ar atmosférico pressurizado à 8 bar (116 Psi) até é possível, mas confinar os gases nobres não é possível, devido sua baixa densidade. Somente um motor totalmente lacrado, onde ambos os lados fossem pressurizados com gás (que incluí o volante), somente deixando exposto o cilindro quente e o sistema de resfriamento.

      Um exemplo prático dessa ideia, é o próprio sistema de um resfriador, onde todo o motor é hermeticamente fechado e para evitar maiores perdas, poderia ser incluído um gerador dentro do motor, sendo extraído a energia elétrica via conectores.

      Leandro Wagner.

      Excluir
    2. Olá Leandro. Fera já visitei seu blog inúmeras vezes para aprender um pouco mais sobre os motores. É difícil achar alguém que atualmente ainda esteja envolvido no assunto e já tenha alguma experiencia. Estudo em uma das instituições do Centro Paula Souza de Amparo, no interior de Sp. E a alguns meses venho com meus amigos a desenvolver um motor stirling para gerar energia. Gostaria da sua ajuda, em opiniões e na resolução de algumas duvidas, para aprimorar o nosso TCC. Por gentileza, será que poderíamos conversar por skype ou por algum outro tipo de contato??

      Best Regards: Kleber Sedrez

      E-mail: Klebersedrez@gmail.com

      Excluir
    3. Olá Kleber, tenho lhe retornado um e-mail.
      Leandro Wagner.

      Excluir
  7. Boa tarde Leandro. Gostei mto dos seus modelos e por isso gostaria de uma ajuda com o meu que nao tem dado certo. Pelo que percebi o meu está mto bem vedado e sem atrito. No entanto parece que a troca de calor não está mto eficiente, fiz o motor com uma camisa de atuador pneumático de alumínio. O que sugere? Gostaria de mandar o vídeo para vc, entre em contato comigo por email se possível. rodrigolorensini@yahoo.com.br. Até breve

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodrigo,
      Descreva o seu problema ou então me envie o material que tens disponível!

      O que seria essa camisa de atuador pneumático de alumínio?

      Leandro Wagner.

      Excluir
  8. Leandro, Obrigado! A camisa de alumínio e de um pistão pneumático. O meu problema é que a bexiga está inflando porém com pequeno curso. Ao que odeio parece foi construído de o forma adequada, porém como é meu primeiro só vc pode afirmar. Ficou mto bonito mas pouco Eficiente! Como te mando o vídeo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo, abra o seu e-mail, te enviei uns recados.
      Leandro Wagner.

      Excluir
  9. Eu sou um estudante da escola durante o quinto ano da escola secundária. Eu vi a construção de seu motor e eu acho muito interessante. Eu vivo no Peru e eu gostaria de colocar no meu blog o funcionamineto seus motores e você pode me ajudar com o projeto da escola que eu ainda tenho que representar minha escola. Bloo é que se você colocar a explicação seria muito grato. Eu estudo na primeira associação nacional de "Nossa Senhora de Guadalupe" por favor me envie uma resposta para o meu mail: jcps_06@hotmail.com
    Aqui deixo o link para a minha escola e é muito prestigiada ..
    http://es.wikipedia.org/wiki/Colegio_Nacional_Nuestra_Se% C3% B1ora_de_Guadalupe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola amigo,
      Sí, puedo ayudarle en su proyecto, pregunte cuál es su pregunta?
      Leandro Wagner.

      Excluir
  10. Gracias. Yo quisiera que pongas por favor la explicación de los motores. Como es que funcionan, cuales son los cálculos que hiciste, etc Yo me llamo claudio y estaría muy agradecido si me ayudaras y si puedes agregame a tu correo. Mi cuenta de correo es jcps_06@hotmail.com.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola Clauydio,
      En la cual el motor tiene dudas, el motor con latas (rango)? o una jeringa de motor (Alfa)?
      Responder lo como mi tiempo libre.
      Leandro Wagner.

      Excluir
    2. Primero explícame del motor con latas porque es el primer trabajo que voy a hacer, y si me sale bien el proyecto, pasaré a hacer el motor con jeringas.
      Gracias por tu tiempo en ayudarme.
      Claudio

      Excluir
    3. Hola Clauydio,
      El motor funciona con la expansión y la contracción del aire que está confinado dentro del motor.

      El motor del latas (Gama), el pistón caliente provoca el desplazamiento de aire entre las dos cámaras, puesto que el pistón frío es responsable para capturar y convertir la presión en energía mecánica en el motor.

      Motor con jeringas (Alpha), el pistón caliente produce la fuerza y el pistón frío es responsable del sistema de compresión y descompresión.

      Medidas el motor de latas está disponible en "Tutorial 2" y si necesita un traductor, traductor construyen utilizando el blog en el borde superior derecho de la página y seleccionar el idioma, las palabras que no llegan a ser traducibles a su idioma, pueden preguntar.

      Leandro Wagner.

      Excluir
  11. vc ja pensou em fazer um motor para um carro de pequeno porte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo,

      Eu não tenho recurso e nem ferramentas para fabricar um pequeno motor com potências superiores, seria necessário um torno, fresa e até mesmo fundição para construir um bom motor.

      Acesse no inicio dessa página "Motor profissional", e lá verás os motores que o americano Andy Ross já desenvolveu para uma bicicleta.

      Leandro Wagner.

      Excluir
  12. Olá Leandro

    a tempos venho acompanhando seu trabalho o qual julgo ser muito bom. Estou me aventurando na montagem de um motor também, porém surgiu uma duvida para definir o tamanho do virabrequim, tipo qual seria a melhor medida para o cursor de deslocamento, como você chegou as medidas que demonstra em seu videos, teria alguma equação? (estou montando um motor tipo beta em um tubo de vidro).

    grato pela atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvano!

      Muito obrigado por tudo. Bom, a medida do virabrequim são frutos iniciais na base do chute e acerto, mas após fazer algumas unidades de qualquer determino modelo, hoje tenho minhas próprias tabelas, que variam conforme os diâmetros dos pistões e seu material usado para sua confecção.

      1- Me diga qual é o vidro do seu cilindro quente?
      2- Qual será o diâmetro deste cilindro quente?
      3- Como pretendes fazer o pistão deslocador?
      4- Como pretende fazer o pistão frio?

      Amigo, este motor beta é um modelo extremamente complexo, muito mais difícil de fazer em relação ao um Gama. O problema no Beta, é o guia do pistão deslocador, sem ele, não terá um motor com velocidade satisfatória.

      Leandro Wagner.

      Excluir
    2. Obrigado pela atenção,

      1- o vidro é semelhante a um tubo de ensaio, porém maior, apresenta cerca de 24,5 cm de comprimento, é utilizado para processo térmico, atingindo elevadas temperaturas em laboratório.

      2- o diâmetro do tubo é de cerca de 20 mm

      3- o pistão deslocador já fiz utilizando a técnica do Silas de durepox com cerca de 35 mm de comprimento (https://www.youtube.com/watch?v=7QrIAoc0Snc)

      4- pretendo fazer da mesma forma, com durepox

      eu consegui um material que acho que vai dar certo para utilizar como guia do pistão deslocador, casou bem certo com o raio de bicicleta, o qual utilizarei como haste para o pistão deslocador, mais se não der certo valeu a tentativa, tentarei outro material ou outro modelo hehehhe. Observei basante os demais modelos, achei mais complexo a parte de evitar as fugas de ar, pode ser que esteja errado na minha linha de raciocínio

      abraço

      Excluir
    3. Bom dia Silvano!

      1- Este vidro é perfeito para seu aquecimento. Mas você pretende usar esse mesmo vidro para moldar com durepoxi o pistão frio??? Se sim, observe se este vidro não está muito ovalizado por dentro. Eu tenho diversos tubos de ensaios, onde algumas marcas torna-se enviável o uso para o seu fim, porque quando você gira o vidro, você percebe que a tonalidade da transparência muda conforme gira o vidro, isso significa que o vidro é mais espesso em algum determinado ponto, assim o pistão frio não iria vedar em alguns pontos.

      4- Como Silas mesmo explica, o pistão terá que ter uma folguinha maior, pois quando começar a aquecer, irá dilatar assim não irá trancar dentro do cilindro e elimina essa fuga de ar gigante. Porém esse é um grande problema, encontrar essa medida de equilíbrio!! Pois mesmo de muito uso, ele sempre continua ainda dilatando um pouco!

      3- o pistão deslocador é o pistão quente, não faça com durepoxi, com calor é possível que ele comece tipo a derreter, liberando uma fumaça. Outro problema é o altíssimo peso, isso reflete em um motor de altíssima vibração e baixo desempenho. Encontre um outro tupo, que seja oco entre 16 até 18 mm de diâmetro. Essa folga que comentei do pistão deslocador, é justamente onde o ar se desloca entre o pistão o cilindro quente.

      Sim, todos os motores são complexos na vedação, principalmente quando o pistão deslocador é maciço, se o pistão deslocador for em lã de aço, aí não é tão critico. Mas o mais critico mesmo nos motores Stirling e o atrito, não podes ter atrito, em qualquer um deles.

      Conforme suas medidas de diâmetro, eu recomendo o pistão deslocador com cursos entre 20 mm até 28 mm.
      Para o pistão de trabalho (pistão frio) um curso entre 14 mm até no máximo 18 mm. Faça nessa proporções que indiquei, se usar cursos menores, será um motor de velocidade, porém mais exigente com fugas de ar e atrito.

      Agora eu tenho um torno, nada é mais tão difícil de fazer como antes, mas também não consegue-se fazer milagre em um torno, facilita muita coisa, hoje eu não teria mais dificuldade de fazer um beta, mas até ano passado, eu nunca fiz um beta, por essa dificuldade com pistão frio, pois é o pistão frio que praticamente precisa sustentar o pistão deslocador.

      Leandro Wagner.

      Excluir
    4. Boa noite Leandro,

      realmente, o motor beta é bem complexo de fazer mesmo, minha dificuldade foi em alinhar perfeitamente a guia do cilindro deslocador devido a mesma passar pelo interior do pistão frio, motivo pelo qual acredito que foi a causa do não funcionamento do motor pois em certas ocasiões do deslocamento do pistão o atrito era maior, situação diferente quando testado sem o pistão frio. Fiz de durepox o cilindro deslocador devido a dificuldade em encontrar outro material na ocasião, o motor ficou pesado mesmo, o que pode ser outro motivo para o não funcionamento. Estou trabalhando tentando resolver isso para ver se assim funciona. Vou tentar fazer um motor tipo gama, vi em seus videos a utilização de lã de aço, queria saber qual a vida útil mais ou menos desta. Vi em um vídeo que a mesma queima logo, é verdade isso?

      Excluir
    5. Olá Silvano!

      Olha, que ocorre sim aquela fritadinha na extremidade inferior do pistão feito em lã de aço, mas não que isso venha piorar o desempenho.

      Eu acredito que você tenha visto esse relato da queima da lã de aço, em um dos vídeo de Wildo, onde ele menciona que depois de um tempo de uso, o motor perde potência.

      Na minha opinião pessoal, é sim verdade que o motor perde potência, mas não é a lã de aço, é o cilindro quente de alumínio que bloqueia a transferência térmica de calor para dentro do motor, agravado em algumas marcas de latas, eu recomendo as latas da coca cola, com a coca cola quase não ocorre esse efeito, somente depois algumas dezenas de horas em funcionamento, antes terá que substituir o balão. O motor perde um pouca a potência e velocidade, mas nada tão grave.

      O que você não deve fazer, é usar a congelada para o sistema de resfriamento, pois penetra umidade para dentro do motor, oxidando o pistão em lã de aço.

      Leandro Wagner.

      Excluir
  13. Olá Leandro,

    tenho uma outra duvida, o motor desse link https://www.youtube.com/watch?v=BqgmFhb0h_Q&feature=youtu.be corresponde a qual tipo de modelo, pois aparenta ter apenas um pistão e na descrição do vídeo o mesmo diz ser stirling,

    grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvano!

      Olha, fiquei na dúvida! Pelo que aparenta, trata-se de um motor "lamina flow", que é um Stirling, porém somente um um único pistão, mas de pouca potência e que permite seu funcionamento para os dois sentidos, veja este outro vídeo:
      https://www.youtube.com/watch?v=cjjkj-UGboM

      Mas é mais provável que se trata de um motor "Manson", é muito parecido com Stirling, porém o seu funcionamento é do ciclo aberto, ou seja, usa o ar ambiente e externo para o seu funcionamento, veja nesse vídeo:
      https://www.youtube.com/watch?v=Ala-SnftXqs

      Conclusão: qualquer um dos dois motores, requer um pouco de prática com motores Stirling, o lamina flow exige que tenha um pistão grafitado, de baixíssimo atrito e uma vedação perfeita, além de um desemepnho de baixo torque.
      O segundo motor manson, esse é super complicado, exige ser o cara em torno.

      Leandro Wagner.

      Excluir
  14. Leandro !!!!
    que gerador é esse ? e Aonde posso conseguir um ou mais ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse gerador é encontrado em vídeo cassete e algumas impressoras, veja essa página:
      http://manualdomotorstirling.blogspot.com.br/2013/05/sugestoes-de-gerador.html
      Leandro Wagner.

      Excluir